top of page
Buscar

Virus e Vacinas

Atualizado: 7 de mai. de 2022

OS VÍRUS E AS VACINAS

A rigor os vírus são estruturas fundamentais para a nossa evolução e de uma certa maneira são indestrutíveis.Por algumas estratégias terapêuticas, sua cápsula pode ser quebrada impedindo-os então de penetrarem em células e se multiplicarem.Todavia a carga genética do vírus permanece e se fosse conhecida uma maneira de hospedá-los sem que nos provocassem doenças como o fazem os animais,talvez não existissem as pandemias do modo como as conhecemos. Em até 8% o material DNA de nossas células é proveniente de vírus o que pode indicar a evolução de nossa espécie através do auxílio do fornecimento de material genético destas estruturas biológicas.Praticamente não existe nenhuma forma viva, vegetal, mineral ou animal desprovida de vírus neste planeta devido a maneira predatória com que conduzimos a sua administração com o desmatamento de florestas com a criação de pastos para o desenvolvimento da pecuária com o objetivo de matança de animais para consumo humano. Daí surgem três problemas imediatos. O primeiro é a proliferação de viroses consequentes ao desmatamento, posteriormente o aumento de CO2 atmosférico devido a criação propriamente dita destes animais para o abate e finalmente maior proliferação de vírus consequente ao extermínio em massa de animais.

Embora a quantidade de vírus em alimentos animais seja muito superior à quantidade de vírus encontradas em alimentos vegetais, nem mesmo estes últimos estão livres de vírus e quando consumimos quaisquer alimentos estamos consumindo o DNA de diversos vírus cujos componentes dificilmente abandonarão o nosso organismo.Existem suposições científicas de que todas as doenças possam ser provocadas por vírus já que de uma forma ou de outra os vírus se mantém hospedados no organismo humano através de suas proteínas e ou do seu DNA ou RNA que a qualquer momento podem se acoplar ao DNA humano e provocar mutações e alterações nas células do organismo.

Os vírus por exemplo como o H5N1 que causou a gripe aviária e que já foi responsável pela morte de 50.000.000 de pessoas no início do século XX ,os coronavirus que provocaram a SARS e a MERS além do atual Covid19 ,como quase a totalidade dos outros vírus somente causam doenças se entrarem em células humanas e se reproduzirem, entretanto estes vírus só penetram em células humanas se houver uma queda do pH na corrente sanguínea causando acidez que é nada menos que um acúmulo de prótons em todo o organismo e consequentemente no interior das mitocôndrias impossibilitando o fornecimento de energia para que a membrana celular possa bloquear a invasão de microrganismos. Outros vírus como os vírus da AIDS também seguem a mesma regra. Entretanto no momento é conhecida embora devam existir outras, apenas uma variedade de vírus que foge a esta regra sendo ainda inócuo para seres humanos porque estão ainda restritos à vida selvagem e que penetram nas células e se reproduzem independentemente da acidez celular, isto é de um pH baixo e é conhecido como vírus Sendai.

O vírus Sendai penetra na célula hospedeira de algum animal incluindo o humano de uma forma facilitada não dependendo da acidez do ambiente a qual é determinada pela concentração de H+(íon hidrogênio) também conhecido como próton.Neste caso a adoção de uma alimentação alcalinizante não teria nenhum efeito preventivo.O vírus Sendai é utilizado como espinha dorsal para a produção de vacinas por sua facilidade de invadir as células do hospedeiro.

Entretanto para todos os outros vírus a combinação dos efeitos do pH plasmático levemente alcalino aliado à salinidade e a temperatura do meio ambiente diminui consideravelmente a duração da infectividade.

Caso o nível de energia possa ser mantido os vírus perdem a capacidade de entrar nas células e de se multiplicarem restando apenas a possibilidade de desintegrarem-se fornecendo os componentes da sua constituição como proteínas e ácidos nucleicos para a utilização do organismo do hospedeiro. Teoricamente os vírus são indestrutíveis e não se deve facilitar com a suposição de que uma possível cura esteja representada por uma carga viral nula, o que significa uma ausência de vírus na corrente sanguínea como no caso da AIDS e de outras doenças virais.

Se você tiver alguma curiosidade pode pesquisar a respeito de vacinas produzidas à base de vírus e sua eficácia no combate às epidemias e observar se for o caso que em todas as epidemias em que foram utilizadas vacinas produzidas por vírus, estas mesmas epidemias já se encontravam em estado de resolução mesmo antes da utilização de vacinas.

Vacinas são administradas para que seu organismo desenvolva uma proteção através da produção de anticorpos, entretanto estes anticorpos só podem ser produzidos por um organismo saudável e um organismo saudável possui sua própria defesa não necessitando assim de vacinações.Um organismo não saudável por sua vez se receber a administração de vacinas vai desenvolver doenças de simples a graves que podem perdurar por toda a vida.

O que nos impede de ficar doentes é a quantidade de energia que conseguimos administrar e manter no organismo e que é conseguida através da alimentação e da respiração e de exercícios físicos específicos.Para que esta energia seja mantida no organismo é necessário um trabalho das mitocôndrias que são estruturas contidas dentro das células sendo que diferentemente de todas as outras estruturas do organismo, estas possuem um DNA semelhante ao DNA das bactérias e não ao DNA humano fato que torna possível o seu papel na proteção e recuperação da célula humana.



AVISOS COVID 19:

VACINAS COMPRADAS PARA PORTUGAL


Johnson & Johnson-Adenovirus(vírus da gripe) Inativado Humano

Produz anticorpos através da injeção de vírus humano atenuado(enfraquecido ou morto no organismo)


AstraZeneca-Adenovirus(vírus da gripe) Inativado de chipanzé

Produz anticorpos através da injeção de vírus de chipanzé atenuado(enfraquecido ou morto no organismo)


Pfizer-RNA menssageiro sintético

CureVac-RNA menssageiro sintético

Moderna-RNA menssageiro sintético


Uma vacina de RNA mensageiro, então, funciona da seguinte forma:


Utilizando uma fita de RNA mensageiro, a vacina codifica um antígeno específico daquela doença;

Quando o RNAm é inserido no organismo, as células usam a informação genética para produzir esse antígeno;

O antígeno se espalha pela superfície das células e é reconhecido pelo sistema imunológico, que entende que aquela proteína não faz parte do organismo e passa a produzir anticorpos para combater aquela doença.

A vacina de RNA mensageiro simula o processo que ocorre no corpo de uma pessoa que realmente contraiu aquela doença, mas de uma maneira que não possibilita a infecção de quem está sendo vacinado - apenas educando o organismo sobre como responder àquele invasor.

https://www.pfizer.com.br/noticias/ultimas-noticias%20/vacina-de-rna-mensageiro


Sanofi Smith Kline-DNA recombinante(DNA recombinante (DNAr) é uma sequência de DNA artificial que resulta da combinação de diferentes sequências de DNAs. Essa técnica surgiu a partir da engenharia genética)Fonte:Wikipédia


Quando o DNA recombinante é injetado no organismo este começa a produzir anticorpos que seriam produzidos naturalmente pelos vírus.


VACINAS COMPRADAS PARA O BRASIL

Coronavac-Vírus da Covid-19 inativado

Sputinik-Adenovírus Humano

Bharat Biotech-Vírus da Covid-19 inativado

Pfizer-RNA menssageiro sintético

Moderna-RNA menssageiro sintético


Uma vacina de RNA mensageiro, então, funciona da seguinte forma:


Utilizando uma fita de RNA mensageiro, a vacina codifica um antígeno específico daquela doença;

quando o RNAm é inserido no organismo, as células usam a informação genética para produzir esse antígeno.

O antígeno se espalha pela superfície das células e é reconhecido pelo sistema imunológico, que entende que aquela proteína não faz parte do organismo e passa a produzir anticorpos para combater aquela doença.

A vacina de RNA mensageiro simula o processo que ocorre no corpo de uma pessoa que realmente contraiu aquela doença, mas de uma maneira que não possibilita a infecção de quem está sendo vacinado - apenas educando o organismo sobre como responder àquele invasor.

https://www.pfizer.com.br/noticias/ultimas-noticias%20/vacina-de-rna-mensageiro



Johnson & Johnson-Adenovirus(vírus da gripe) Inativado Humano

NOTA:Baseado nas informações acima,no que diz respeito ao conjunto de segurança e efetividade destas vacinas deve colocar em primeiro lugar a vacina Johnson & Johnson-Adenovirus(vírus da gripe) Inativado Humano.Em segundo lugar a vacina Sputinik V-Adenovírus Humano, e em terceiro lugar a vacina Coronavac-Vírus da Covid-19 inativado.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page